sábado, março 19, 2011

José, a história que transformou

Nas últimas duas semanas acompanhamos, vivemos uma história intensa e emocionante.
José, filho de Camila e Lufe, irmão de Pedro veio ao mundo depois de uma linda gravidez.
Depois de nascer José precisou ser internado, ficou em UTI, piorou, melhorou, enfim, ficou longe da mãe, de sua família.
A questão é que o ocorrido chegou a centenas de mães e, claro, sensibilizou a todas.
Acompanhamos os acontecimentos, todas rezando para o melhor, ou seja, que José melhorasse o quanto antes e fosse para casa.
Que mãe, pai, irmão e outros familiares tivessem fé, amparo e que todos fossem fortes para  lidar e superar a situação.
Todas, então, nos unimos  em prece, em vontade e desejo.
E nos unimos mais ainda e mais.
Acompanhar a trajetória dessa família fez com que todas refletissem sobre a vida, os valores de vida, sobre tempo, entrega, relação.
Um recém-nascido lutando pela vida, procurando entender o que acontecia com ele depois de uma gestação tão maravilhosa.
Mãe e pai procurando fazer o seu melhor em doação plena e manter-se em equilíbrio o quanto fosse possível.
Amigos e desconhecidos, todos diante da situação fora de nosso controle, desejamos muito para que as coisas caminhassem como entendemos o que é melhor.
Mas o que é o melhor?
O que é o certo?
Quanto sofremos por querer controlar tudo, por desejar somente o caminho firme, liso e reto?
Criamos conceitos e padrões e quando a vida nos leva a lugares diferentes ficamos muito inseguros, com medo.
Falo por mim e pelo que senti de todo envolvimento nessa história, provavelmente esta experiência foi diferente para cada um.
José tinha seu caminho marcado, veio, trouxe sua lição e se foi, cumpriu a que veio.
Levou muita admiração, respeito e amor.
A mãe Camila mostrou muita lucidez e grandeza, conduziu e sustentou a tudo com maturidade, razão e sensibilidade, trouxe muitos ensinamentos.
Nós, na expectativa de melhoras, em reflexões constantes, olhando para nossos filhos de forma diferente, enxergando nossas historias de forma diferente.
Queríamos ajudar, confortar, ser útil e essa situação em que só a vida tem controle abaixamos nossas expectativas e ansiedades e também nos entregamos, ao Divino, a Natureza, ao Universo e entregamos toda nossa Fé, Vontade, Esperança e o que mais temos de melhor em nosso ser, nosso coração.
E quando José se foi, sentimentos se confundiram, impotência e confiança, tristeza e alegria, devoção, amor e ...e....contemplação, talvez seja essa a palavra, contemplação da Vida, do Sagrado, do Sábio, do Maior, aceitação pela pele, pelo sentimento.
A lição foi profunda, o efeito foi devastador, no melhor dos sentidos, descontruiu para reconstruir muito melhor, mais forte, maturo, centrado; A compreensão dela virá ao longo de nossas vidas.
A vida, aliás, continua, não sabemos bem como, mas continua, com passos mais lentos, talvez, mais pensados, enfim.
Só tenho a agradecer a familia e principalmente a Camila que é mulher como eu, mãe como eu que vivenciou e trouxe para nós sua intimidade nos ensinando tanto.
Entendo um pouco de seus sentimentos pelas semelhanças mas sua evolução é singular, mais do que de mulher é de Deusa.
Meus desejos sinceros de paz e harmonia.

Déborah Gérbera

0 comentários:

Postar um comentário

 

Recomendamos

  • ads
  • ads
  • ads
  • ads
  • ads
  • ads
  • ads
  • ads
  • ads
  • ads
  • ads
  • ads

Mães Empreendedoras

Ao lado estão os links que sites de mães que se tornaram empreendedoras em função da descoberta da maternidade.
Se você tem um site que oferece produtos e serviços, entre em contato conosco que teremos prazer em divulgar aqui.
Escreva para diretoriomaterna@gmail.com.

Diretório de Blogs Materna Copyright © 2009 Shopping Bag is Designed by Ipietoon Sponsored by Online Business Journal